Estudos para as Células - Voltar

13/08/2017 - Pecado, Arrependimento e Confissão

13/08/2017 – Pr. João Batista

Título: Pecado, Arrependimento e Confissão

Texto: Salmos 51:1-3; 1 Jo 1:9.

Introdução: Você já admitiu alguma vez ser um pecador ?  Rm 3:23

 

1 – Faraó e Acã confessaram porque não tinham outra saída, mas não se arrependeram. Ex. 9:27; Js 7:20

 

2 – Saul e Judas. 1 Sm 15:24; Mt 27:3-5

a)      Saul deu justificativas;  ainda queria ser honrado por Samuel, amava o louvor dos homens e agia com arrogância, prepotência, vaidade e pagou um preço alto.

b)     Judas era ganancioso, ladrão, deu lugar ao diabo, sua ganancia o cegou.

c)      Ambos se suicidaram tal o tormento de suas almas.

 

3 – Davi e filho pródigo – confessaram, foram restaurados e curados. 2 Sm 12:13; Sl 32:3-5; Lc 15:17

a)      Ambos tiveram um arrependimento genuíno.

b)     O filho pródigo viu as circunstâncias e caiu em si lá na lama do chiqueiro.

c)      Davi foi sacudido pela parábola de Natã, Salmo 51 é a expressão do verdadeiro arrependimento.

d)     O conselho de Tiago: Tg 5:16

 

Conclusão: Feliz é o que confessa e deixa o pecado. Pv 28:13; Tg 5:16.  A confissão deve ser acompanhada pelo arrependimento e pelo abandono do pecado. Não espere uma circunstância favorável para você confessar. Não espere a casa cair. Não espere ser pego com a mão na boca da botija. Siga o exemplo de Jó, Daniel, Esdras e Neemias.